quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

A TERAPIA DA ORAÇÃO: NO DIVÃ DE JESUS

"Entrei no templo/dobrei os meus joelhos/para conversar com o Senhor/desiludido do  mundo/no peito um sofrer profundo/sem paz, sem fé, sem amor..."

Esta é a letra de um dos mais lindos hinos de Ozeias de Paula, que fala do pecador arrependido diante do Senhor, buscando paz.
Falar com Deus, na oração, é a melhor terapia que existe, coisa que nem Freud explica. Esqueça os terapeutas, a Psicologia, e tudo que se relaciona a isso. Há uma coisa melhor que isso, que é horar?
Não falo de orar como se estivesse fazendo algo mecânico, mas, sim, com a alma.
Às vezes as pessoas dizem tudo a um terapeuta, coisas de sua infância, de tudo que já realizou na vida, mas falam com Deus como se estivessem dialogando com alguém tão distante, não colocam para fora sua alma, e dizem tudo que está dentro dela. É verdade que Deus sabe tudo, mas ele quer que falemos tudo que está dentro de nós. Ele conhece o mais profundo do abismo da alma humana.
Ao começar a orar, devemos dizer tudo a Deus, como se estivéssemos falando com o nosso terapeuta, mas esse O é por excelência (já que gostamos de dizer tudo a ele). É assim que Cristo ensina. Não precisa de fórmulas, repetir tudo. Basta por para fora tudo o que vai no coração, não me refiro ao órgão, mas ao centro do ser humano, do seu ser total. É esse o sentido de coração na Bíblia. É assim que deve ser a oração.
Quando isso é feito, há um bem-estar maravilhoso, e uma sensação de segurança que brota do coração de quem ora, vindo do céu.
É a terapia da oração, do Dr. Jesus Cristo! Ele não escuta tudo e depois joga para cima da gente, como fazem os psicólogos, mas ele absorve tudo para ele, e nos restaura. A terapia de Jesus renova a alma por completo, e nos dá a segurança que precisamos. Sem fórmulas, sem nada, apenas pondo tudo para fora da nossa alma. Fiquemos cada vez mais em seu divã, pois agora temos essa ousadia.
Ele restaura pessoas que estão com traumas desde a infância, de mulheres que já não se sentem amadas, de homens que estão magoados, de pais de família desesperados, de prejuízos na alma, que só ele entende, dos mais diversos que povoam a alma humana. Para quê gastar centenas de reais com remédios e psicólogos? Devemos ir primeiramente a Deus. Se tiver de ir, vá, mas orar é ainda o melhor remédio.
É frequente querermos que nossa família nos compreenda, e não termos isso nem de nosso cônjuge! A linguagem da alma só IAVÉ conhece. Muitas vezes não conseguimos dizer em palavras, mas ele vai até  o mais profundo do abismo da alma humana. Então vale a pena dizer tudo a ele, o Terapeuta por excelência.