sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

AS INTERCESSORAS DA IGREJA

Antes do dia do culto, ela arruma as coisas, e, um dia antes, deixa tudo pronto: comida do esposo, roupa, casa varrida, e tudo o que se  relaciona com isso.
A luta diária não é fácil, mas nada impede que ela chegue cedo, para que passe mais um dia nos pés do Senhor, pedindo, intercedendo pelo povo, pela sua prole, parentes, de joelhos diante do Grande, em oração intensa.
Só os Céus sabem o que elas passam, e as investidas do diabo contra elas, pois o trabalho que realizam é de suma importância para a obra do Senhor. Graças a Deus por essas servas abnegadas, perseguidas, muitas vezes, por quem deveria ajudar somente (verdade seja dita) mas não desistem.
A oração e a intercessão é a respiração da igreja, e, sem ela, a igreja não teria sucesso.
Muitas vezes o filho que tem não perece por causa da oração da mãe, dos choros e clamores de dia e de noite por eles, pelo marido, por emprego, pela mocidade, para Deus mandar mais obreiros, e, principalmente pelo ministério! Ah!, quanto elas ajudam o ministério! Tirem essas intercessoras e verão como a igreja cai em desarmonia espiritual.
Vamos ajudar mais elas, tanto em oração também, com elas, quanto materialmente, no que precisarem. Não há dinheiro que pague o tempo delas gasto na obra. Jamais pagará. Apenas a recompensa delas dada por Deus, no céu.
Algumas delas, mesmo doentes, vão à oração, tomando seus remédios, algumas são curadas, outras não, mas estão ali toda semana, até três vezes, mas não desistem, além das visitas que realizam, de suma importância para o reino. Eu estou, agora, vivo, porque essas irmãs oraram por mim, e me ajudaram nas grandes lutas porque passei. Grandes vitórias.
Eu sei que muita gente hoje é vitoriosa por que essas irmãs estão sempre orando, e essas orações tem chegado diante do trono da graça, e realizado maravilhas.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

A TERRÍVEL APARÊNCIA DE CRISTO EM APOCALIPSE 1

Uma das primeiras coisas no livro de Apocalipse, ou Revelação é sobre Jesus, algo referente bà sua natureza. As bem- aventuranças é um bom começo para falar de Cristo (cf. 14.13; 16.15;19.9; 20.6; 22.7,14), pois ele prometeu essas bênçãos para aquele que estudasse esse livro, e o lesse em voz alta para outras pessoas ouvirem.

Outra linda figura é a que se refere aos sete espíritos de Deus, que fala do Espírito Santo, nas suas sete divinas manifestações, onde podemos ler em Isaias 11, que estaria sobre Jesus em seu ministério. O livro vai usando essas figuras e símbolos e os usa para nomear Cristo, Deus Pai, e o Consolador.
Foram sete cartas dirigidas às sete cidades da Ásia Menor, uma região que ficava próxima do Oriente Medio, e onde havia a igreja onde Paulo pregou por um longo tempo, e onde João e Timóteo exerceram a função de pastor. “Esmirna ficava a cerca de 65 quilômetros ao norte de Efeso, Pérgamo a 65 quilômetros ao norte de Esmirna, Tiatira a 72 quilômetros a sudeste de Pérgamo, Sardes a 48 quilômetros ao sul de Tiatira, Filadélfia a 48 quilômetros a sudeste de Sardes e Laodicéia a 65 quilômetros a sudeste da Filadélfia”. Bowman escreve: “Uma olhada no mapa da província romana da Ásia mostra as sete igrejas organizadas na forma de um castiçal de sete braços do Templo de Herodes, formando pares de lados opostos”. Muito interessante esse detalhe! Por isso que Cristo usou essa expressão do castiçal. Nada na Bíblia está escrito em vão.
João diz que ele vestia uma veste talar, ou seja, veste essa que ia até aos pés, simbolo de autoridade no Oriente. Imaginem que visão gloriosa não foi essa, e que veste linda! Depois, ele diz que tinha um cinto de ouro em seus lombos, que simboliza posição elevada, usada por sacerdotes judeus, que em relação ao Filho de Deus é de uma autoridade excelente ao infinito!João vai descrevendo, procurando coisas terrenas para dar uma ideia das celestiais, onde nenhuma linguagem pode alcançar seu real significado, mas nos dá ua vaga ideia da grandeza dessa majestade. A descrição de João prossegue dizendo que ele tinha os cabelos brancos como a neve, simbolizando sua sabedoria e preexistência. Só Cristo pode ser lembrado assim, ninguem mais. Agora João descreve seus olhos, com base em daniel 10.6, como chamas de fogo, onisciência e excrutínio, pois sabe de tudo, vê tudo. Seus pés de latão representam força e estabilidade, a força infinita do Deus vivo.O sentido desse símbolo é julgamento, bem apropriado para o que viria no livro depois. A voz de muitas águas se refere ao Ezequiel 43.2. Prosseguindo, João agora diz que havia sete estrelas, ou seja anjos das igrejas, e a espada de dois gumes é um julgamento, símbolo de sua autoridade judicial. Essa espada era quase do tamanho de um homem! Os trácios, um povo antigo, era o povo que usava isso.
Essa descrição que o apóstolo faz nesse livro, é de uma beleza singular.Não foi a toa que ele desmaiou, pois diante de Deus não há quem permaneça em pé.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

AS CRIANÇAS CRISTÃS E AS CALÇAS COMPRIDAS


As escolas públicas agora estão exigindo que as crianças e adolescentes usem calças compridas. Seria uma coisa normal, não fosse um problema: as crianças e adolescentes evangélicas de algumas denominacões não têm esse costume, e, por isso, ficam nesse drama. Se  as crianças usam calça, violam as normas da igreja, se não usam, a escola não deixa assistir aulas. O que fazer?

A calça comprida tornou-se símbolo de liberdade das mulheres, e as igrejas pentecostais não aconselham às mulheres  a usarem isso, o que não é aceito pelos que nada entendem dos costumes das igrejas evangélicas. Essa é uma das normas mais defendidas por algumas denominações, e não vai ser fácil mudar isso.
Algumas mães evangélicas estão correndo para comprar roupas para suas filhas, pois essas meninas precisam assistir  as aulas. Parece que nesse ponto, a igreja abre exceção, contanto que não as usem no dia a dia, mas só durante as aulas.
Por outro lado, as escolas deveriam respeitar esse costume das igrejas; elas têm todo o direito de não querer que seus membros usem calças compridas, tidas como símbolo de rebeldia, e dava até disciplinas nas congregações, antigamente. Hoje, embora não se aceite isso ainda (abertamente), não há mais disciplinas por usar calças compridas.
Algumas irmãs precisam  trabalhar, e o uso de calças compridas é imprescindível, pois quem sustentará seus filhos? Uma crê que não vai diminuir o fervor de cristã por causa disso, e usa. Já outra, acha que se usar calças compridas vai enfraquecer elas, então, é aconselhável não usar mesmo. Paulo deu um importante ensino sobre isso, que é um princípio (o que serve de base a alguma coisa; causa primeira, raiz, razão) bíblico. Alguns irmãos criticavam outros, em Roma, por separar dias de outros, ou de não comer legumes, enquanto outros eram criticados justamente por fazer não fazer isso. O apóstolo então aconselha a não criticarem os outros por causa disso, pois se assim alguém procede, é para agradar a Deus. "Quem come não critique quem não come, e quem não come não critique quem come", disse Paulo (Rom 14.2,3). Ele prossegue, dizendo que se a pessoa tem convicção em fazer algo desse tipo de que não vai ter problemas espirituais, continue fazendo isso (falo de coisas lícitas, entendam, isso não se aplicada para aquilo que é pecado), mas se não fizer tendo essa fé, peca quando pratica.
Então, veja cada um como vai agir, de acordo com o princípio bíblico aqui comentado. Se tiver que usar calças compridas, faça de modo que não prejudique a si mesmo, nem à igreja. Claro que isso não se trata de doutrina central bíblica, mas de costumes, que,  apesar de não servirem para salvar ninguém, é costume da igreja, e deve ser respeitado.


A TERAPIA DA ORAÇÃO: NO DIVÃ DE JESUS

"Entrei no templo/dobrei os meus joelhos/para conversar com o Senhor/desiludido do  mundo/no peito um sofrer profundo/sem paz, sem fé, sem amor..."

Esta é a letra de um dos mais lindos hinos de Ozeias de Paula, que fala do pecador arrependido diante do Senhor, buscando paz.
Falar com Deus, na oração, é a melhor terapia que existe, coisa que nem Freud explica. Esqueça os terapeutas, a Psicologia, e tudo que se relaciona a isso. Há uma coisa melhor que isso, que é horar?
Não falo de orar como se estivesse fazendo algo mecânico, mas, sim, com a alma.
Às vezes as pessoas dizem tudo a um terapeuta, coisas de sua infância, de tudo que já realizou na vida, mas falam com Deus como se estivessem dialogando com alguém tão distante, não colocam para fora sua alma, e dizem tudo que está dentro dela. É verdade que Deus sabe tudo, mas ele quer que falemos tudo que está dentro de nós. Ele conhece o mais profundo do abismo da alma humana.
Ao começar a orar, devemos dizer tudo a Deus, como se estivéssemos falando com o nosso terapeuta, mas esse O é por excelência (já que gostamos de dizer tudo a ele). É assim que Cristo ensina. Não precisa de fórmulas, repetir tudo. Basta por para fora tudo o que vai no coração, não me refiro ao órgão, mas ao centro do ser humano, do seu ser total. É esse o sentido de coração na Bíblia. É assim que deve ser a oração.
Quando isso é feito, há um bem-estar maravilhoso, e uma sensação de segurança que brota do coração de quem ora, vindo do céu.
É a terapia da oração, do Dr. Jesus Cristo! Ele não escuta tudo e depois joga para cima da gente, como fazem os psicólogos, mas ele absorve tudo para ele, e nos restaura. A terapia de Jesus renova a alma por completo, e nos dá a segurança que precisamos. Sem fórmulas, sem nada, apenas pondo tudo para fora da nossa alma. Fiquemos cada vez mais em seu divã, pois agora temos essa ousadia.
Ele restaura pessoas que estão com traumas desde a infância, de mulheres que já não se sentem amadas, de homens que estão magoados, de pais de família desesperados, de prejuízos na alma, que só ele entende, dos mais diversos que povoam a alma humana. Para quê gastar centenas de reais com remédios e psicólogos? Devemos ir primeiramente a Deus. Se tiver de ir, vá, mas orar é ainda o melhor remédio.
É frequente querermos que nossa família nos compreenda, e não termos isso nem de nosso cônjuge! A linguagem da alma só IAVÉ conhece. Muitas vezes não conseguimos dizer em palavras, mas ele vai até  o mais profundo do abismo da alma humana. Então vale a pena dizer tudo a ele, o Terapeuta por excelência.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

O "deus" da Kéfera...

NOVO LOOK




Estava, um dia, tão insólito,
E a tristeza era um invólucro,
Quando um pensamento deu-me um look:
E se Cristo vier,
E me achar sem  fé,
Preso no Facebook?!




Se esse tempo fosse oração,
Que eu passo sem reflexão
Nas redes sociais,
Muitas vitórias teria
E vidas ganharia
Para as mansões celestiais!




Não seria isso um armadilha
Pra que eu perca a trilha
Do Caminho Maior?
Dos pés à cabeça
Uma corda voeja
E  despreza  o Amor.


Sabe o que penso mais?
Não seria o caminho digital
Uma arma do mal,
Um laço de Satanás?


Por isso eu pensei
E então despertei
De minha vida vã:
Então me livrarei
Do Twitter, Facebook e Instagram!


J. Lou

O BRASIL TENTOU TER UMA BOMBA ATÔMICA


Quem diria que o Brasil chegasse a isso. Para quem não sabe ainda, documentos descobertos, mostram que o Brasil iniciou testes nucleares com a ajuda de Sadam Hussein, na década de 90, século passado.
Em 1990, COllor jogou uma pá simbólica em um poço de 320 m, na Serra do Cachimbo, Pará.Essas informações foram dadas pelo jornalista Roberto Godoy, especialista em assunto de defesa.
No regime militar, nosso país exportou toneladas de urânio para o Iraque, pois tinha um acordo com Sadam Hussein, escondido, claro, a sete chaves. Em troca, o Iraque teria ajudado o Brasil nessa tecnologia, a ponto de poder ter uma bomba atômica.
Embora a constituição de 1988 proibisse uso dessa tecnologia para fins bélicos, não sei porque isso,o esforço paralelo dos militares fizeram tudo para que, ao menos, o país desenvolvesse uma tecnologia desse tipo.
José Carlos Santana, ex-presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear no governo Collor, portanto, essa informação é de alguém que conheceu de perto todo o esforço para se ter essa tecnologia.
Por isso, hoje, o Brasil detém o ciclo de produção de combustível nuclear e está construindo seu primeiro submarino com propulsão atômica. Essas informações, até agora, ficaram escondidas de todos, e começou a vazar depois do trabalho da Comissão da Verdade, que vem trazendo à luz muita coisa  sobre isso, e até o Wikileaks tem jogado muita coisa para elucidar tudo isso. O governo Geisel fez muito esforço para conseguir tal tecnologia.
Essa cobiça do Brasil por esse conhecimento, envolveu bastante espionagem internacional, que envolveu a CIA, e outras agências.
A pergunta é até quando a população ficará enganada, e não saberá de toda a verdade?

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Eliã Oliveira - Providência (Clipe Oficial Bereia Music em HD)

PREGADORES FAMOSOS, HERESIAS TERRÍVEIS

É cada vez mais comum vermos pregadores famosos dizer suas heresias para poder ter poder e dinheiro, pois só assim eles podem enriquecer ainda mais.
Edir Macedo disse que Deus é obrigado a lhe abençoar se você der alguma coisa a ele. Em que parte da Bíblia está escrito isso?O Deus Todo-Poderoso ser obrigado a abençoar o homem? Tudo que está debaixo de todo céu pertence a ele, e o livro de Romanos 11.33 diz que "dele, por ele, e para ele são todas as coisas..."  É mais um herético querendo mais dinheiro do povo. 
O herético Marco Feliciano disse que os demônios gostam de água, por isso que habitam os seres humanos, pois eles são formados em sua maior parte, de água.Onde na Bíblia há isso?Ninguém que estudou Angelologia jamais ensinou isso. Que delírio desse pastor! Nem Jesus, nem Paulo ensinou tais coisas. Mais uma heresia de alguém que diz que conhece a Bíblia.
A outra mentira é de uma obreira chamada Apóstola Sol, que carece de uma simples leitura bíblica, porque ela disse que os demônios habitam nas panelas, e em outras partes da casa e outros utensílios, guardas roupas, camas, etc. Não conhece nada da Bíblia, e diz coisas diversas (Ef 4.14; Jer 22.22). Essa aí não sabe, realmente,  o que diz.
Já um pastor da igreja universal, não podendo expulsar um demônio, disse que o nome de Jesus não funciona. Desde quando? Cristo mesmo disse que todo o poder foi dado a ele! Ele mesmo é o cabeça da igreja, e prometeu que no nome dele o inferno não conseguiria ter vitória contra a igreja (Mt 16.18; 28.18).
Para terminar, ana Paula Valadão, que disse que jejum bíblico é para emagrecer. Que distorção bíblica dessa pastora cheia de heresias. Pode ser boa cantora, mas não sabe diferir entre heresias e verdades bíblicas.Para ela, tudo é normal. Rejeitemos essas coisas sem base bíblica.


sábado, 4 de fevereiro de 2017

CABRAL VEIO DEPOIS

Muita gente não sabe disso ainda, mas Cabral não foi o primeiro a chegar ao Brasil. Tudo indica que ele veio aqui depois de outros, como Diego Leme e Vicente Pizon, navegadores espanhóis. Mas Cabral ganhou a fama.
Há indícios que Duarte Pacheco, navegador português, esteve aqui antes, e levou essas informações para o rei na época, D. Manuel. A razão para isso, era que o Tratado de Tordesilhas deixa na mão da Espanha, e não de Portugal, essas terras, daí esse navegador não ter tido a fama de ter descoberto o Brasil. Cabral só veio aqui tomar posse, somente, depois que o rei conseguiu que o mapa mudasse e deixasse uma parte do Brasil nas mãos dele.
Portugal era a potência na navegação nessa época, e se hoje em dia ele e a Espanha não são as duas potências da Europa hoje, foi porque perseguiram os judeus de uma forma grandiosa.
Até agora aprendemos que foi Cabral, mas, não foi. Pinzon e Diego foram antes de Cabral, em 1498, e navegaram o Amazonas e o Cabo de Santo Agostinho.
Mas o que é ainda mais interessante, é que existem mapas celtas que indicavam uma ilha paradisíaca, chamada Hy Brasil, muitos anos antes, na Idade Média. Que dizer que eles já haviam levado madeiras, e extraído essa tinta vermelha do pau brasil, com certeza. Há indícios que séculos atrás os chineses e os fenícios estiveram aqui também. Cabral chegou foi por últimos, isso sim.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

A ESTRANHA RARIDADE DE ANDERSON FREIRE

Anderson Freire é um dos mais conhecidos e cantados artistas gospel da atualidade. Sim, artista, pois é difícil haver verdadeiros adoradores no mundo da cantoria gospel de hoje. E, segundo um evangelista nosso, "são músicas espúrias".
Pois bem, uma das músicas mais cantadas dele diz o seguinte: "você é um espelho/Que reflete a imagem do Senhor/Nao chore se o mundo ainda nao notou/Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor/Você é precioso, mais raro que o ouro puro de Ofir..." Linda letra, se não parecesse tão estranha. Veja bem, porque alguém iria refletir a imagem do Senhor se ninguém notasse? Certamente ele tomou essa figura de 2 Coríntos 3,  onde Paulo faz essa comparação. Nao foi Jesus quem disse que nossa luz deveria brilhar diante dos homens (Mt 5.16)? Não está escrito que se nós o abandonarmos, ele nos deixará também (2 Cr 15.2; 2 Tm 2.12), e que Deus está conosco se nós estivermos com ele? É estranha essa letra do compositor. Bela melodia, tão cantada nos cultos de mocidade, aos domingos, mas que deixa bastante a desejar em termos doutrinários. E olhe que nem analisei o resto!Claro que é uma música, tem licença poética, diria alguém, mas não para contrariar a Bíblia! Nem com licença poética! Parece mais uma exaltação humana do que louvor a Deus.
Deve ser uma homenagem aos agentes secretos de Jesus, se houver isso. Fico com Paulo (Fp 2.15), que disse que somos luzeiros no mundo. E deveríamos ser notados, não acham? E o mundo não nota, tem algo errado. Tanto ele nota, que nos odeia, disse Jesus. Se não notasse nao nos odiaria por isso. Anderson Freire poderia ter escrito uma letra melhor.
Mas quem sabe ele também não se refira à uma luz opaca, coberta por um pano preto?Por isso que o mundo não nota! Ou talvez fale de alguém que é tão parecido com o mundo que não se diferencia, daí a "cegueira" do mundo. Vá saber.
O que sei é que deveríamos pensar nessas letras antes de cantar, e não fazer isso de modo mecânico, para que nao cantemos heresias. Melodia bonita, mas letras ruins, biblicamente estranhas.