quarta-feira, 27 de abril de 2016

A QUEDA DA CGADB

A CGADB está envergonhando a igreja, tendo sido obrigada, pela justiça, a esclarecer certos fatos referentes à eleição do pastor José wellington para continuar presidindo essa instituição.
Acusada pelo pastor Samuel Câmara, de ter fraudado a eleição, ele não quer esclarecer isso.É uma vergonha isso! Que moral tem agora a CGADB em querer promover o evangelho e presidir as igrejas, se a briga pelo poder tem cegado a quem deveria ser exemplo para nós?Absurdo.
Contrariando o que Paulo aconselhou em 1 Corintios 6, não foi chamado homens sábios para resolverem essas questão. Vejam só. O pastor Samuel acusa o pastor José Wellington de ser desonesto nessa parte. Os ímpios estão vendo esse comportamento e estão escandalizados com esse procedimento. Será que por isso Recife quer se desligar dela, cada vez cava sua independência?
A verdade é que o poder e o dinheiro cegaram esses homens, que deveriam ser exemplos para nós. A corrupção tem grassado essas instituição, segundo se depreende das matérias sobre isso.O Brasil todo está acompanhando. Qual será o fim disso?Será que eles esperam Jesus só nessa vida?

domingo, 10 de abril de 2016

SILAS E O REINO DESTE MUNDO


Não deixa de ser interessante o que está acontecendo no Brasil. Recentemente, Lula foi preso, depois de tantas coisas que fez, juntamente com o PT. Finalmente ele foi preso.
E o pastor-político Silas Malafaia fez um vídeo recentemente parabenizando o MPF e Sergio Moro, que tem sido um ícone de honestidade e compromisso com a verdade e contra a corrupção. Aparece Silas Malafaia, de novo pedindo para o povo de Deus ficar alerta e fazer algo contra isso, e, dia 13, ficar alerta e protestar. M
as é mesmo dever da igreja se preocupar tanto com isso?Será mesmo nosso dever nos meter assim e todo protesto?E o evangelho, como fica? Se ele se emprenhasse com tanto ímpeto assim pela propagação do mesmo, que bom seria.Mas seu Silas parece que quer mesmo o reino desse mundo.
Não vejo Jesus e os apóstolos fazendo isso. Tudo que Paulo faz é pedir para que o evangelho se expanda, e não convocava a igreja a se meter em política, lutar contra Cesar nem contra Herodes, mesmo quando Tiago foi morto por ele. Jesus nem se quer quis conversa com política, pois disse e mostrou que seu reino não é desse mundo, embora muitos de nós agimos como se ele fosse daqui. Acho que isso é um erro. Toda a nossa preocupação deve ser com o reino de Deus, como diz Romanos 14.17. Pensemos nisso. Deixemos essas passeatas de lado, oremos mais, que foi o que Jesus ordenou que fizéssemos. O resto é com ele.

MORREU ANTES QUE MATASSE

Isso que vou relatar aqui, aconteceu na década de 50. Havia um trabalhador que estava com problemas com o patrão, e soube, pelos colegas, que ele iria ser despedido. Sua relação com seu patrão não era das boas, pois já havia posto o empresário na justiça, denunciado ao sindicato, etc. Foi
então que ele teve um plano macabro.
Antes que seu patrão o despedisse, ele maquinou matar ele com uma barra de ferro que esse trabalhador fizera para esse fim, pois trabalhava com isso. O dia já havia sido marcado. Estava decidido. Foi então que tudo mudou.
Numa certa ,manhã ao se dirigir ao seu trabalho, ele passou por um grupo de irmãos pregando o evangelho. Ficou curioso e parou para escutar. Depois de uns louvores, foi dada a oportunidade a um daqueles irmãos para pregar. Então o irmão pegou o microfone e leu a passagem de Êxodo 20 onde se lê "não matarás". Acontece que o irmão não sabia pregar só dizia isso, "não matarás". Ele parava, ficava pensando um instante e repetia a mesma frase. E prosseguia, porque não matarás, Deus disse, não matarás.Era só o que o servo de Deus dizia.
Aquele jovem se perguntou quem falou àquele irmão do seu intento de matar o patrão, pois não dissera a ninguém!
Mas aquelas palavras penetraram no seu ser como uma flecha de fogo. Não resistiu à mensagem do evangelho, e, naquele instante se converteu ao Senhor. Ele queria matar, mas naquele dia, "morreu" para o mundo.
Veja como Deus usou uma pregação simples, que, do ponto de vista da homilética, era um fracasso, mas Deus é o Deus das coisas simples, que usa algo simples para uma grande obra. Louvado seja seu Nome.

sábado, 9 de abril de 2016

PROGNÓSTICO

Pode acreditar que vai ocorrer no Brasil isso:
Lula vai ser assassinado, para que os ânimos se acalmem; Michel vai assumir; Dilma vai pedir asilo na B

ulgária, depois de descobrirem um crime gravíssimo dela;depois, haverá guerra civil no Brasil, promovido pelo assassinato de Lula, que não terá o corpo achado, mas vão perceber que ele sumiu, porque não aparecerá mais.
Uma ou duas coisas dessas acontecerá.É um prognóstico.

PROGNÓSTICO II

Michel, depois de assumir a presidência, não
 consegue superar a crise, ficando o país cada vez num caos. O exercito é chamado para por ordem nisso tudo, juntamente com a força Nacional. Depois de meses, e a liderança do PT presa por causa da corrupção,tudo fica mais calmo. 
Nas eleições, Moro ganha, tendo seu vice, Bolsonaro, contribuído bastante.

PROGNÓSTICO III

 Depois de seis meses de governo, Moro faz a economia subir, os empregos crescem, aos poucos, e os investimentos começam a crescer também, pois agora o fantasma comunista foi afastado.
Depois de discursar na ONU, e explicar tudo que houve no Brasil, Moro é aplaudido de pé, e Lula é execrado, considerado, agora, um enganador e bandido.
Começa a "deslavagem cerebral", e o Brasil começa a ser purificado culturalmente. A esquerda deixa de existir, e seus adeptos morrem de vergonha dela. Marx é tido como um doente, e alguém que não merecia o prestígio que teve.

PROGNÓSTICO IV

Depois da reforma eleitoral, cria-se dois partidos: Guarani e Caeté. A esquerda é abolida, e todos os esquerdistas pedem para serem reensinados a conviver com as pessoas que não pensam como eles.
As pessoas que antes lutavam pela esquerda, de repente se libertam do sono em que viviam, voltando à realidade. Muitas delas, que deixaram a família, voltam para casa, arrependidas dos erros esquerdistas. As lésbicas dos grupos feministas deixaram suas parceiras e se tornaram héteras.

Da mesma forma os rapazes. Agora têm nojo do que eram. A a maioria casa e se tornam bons pais de família.
É uma grande revolução.

Explicando as pedaladas fiscais: por que são crime e por que prejudicaram exatamente os mais pobres

Explicando as pedaladas fiscais: por que são crime e por que prejudicaram exatamente os mais pobres: Quais foram, portanto, as consequências diretas das pedaladas? Aumento da quantidade de dinheiro na economia (inflação monetária), aumento não-contabilizado de gastos, e subsequente destruição do orçamento do governo causada por essa maquiagem contábil. Quais foram as consequências indiretas? Consolidação do déficit orçamentário em níveis recordes (nada menos que 9% do PIB) por causa do aumento de gastos possibilitado pelas pedaladas, perda do grau de investimento pelas três agências de classificação de risco, disparada da taxa de câmbio, aumento da inflação de preços a dois dígitos, queda da renda real dos trabalhadores (gráfico 14) e, inevitavelmente, aumento da pobreza. Este foi o verdadeiro crime do governo Dilma.