terça-feira, 28 de abril de 2009

FALTA DE ÁGUA NA JOSELIA



Os moradores da Avenida Josélia, em Nova Descoberta, mais uma vez foram vitimas da falta de decoro da Compesa (Companhia Energética de Pernambuco), pois deixou faltar água na comunidade sem ao menos avisar, ao que parece, segundo moradores da área. Quem chegasse durante a noite do dia 17 desta semana, iria entender a razão.
Um fila enorme de baldes, panelas e botijões de água enfileiravam-se pela calçada aguardando o carro pipa que chegou por volta das 08h00min da noite. Jovens, velhos crianças, casados, solteiros, se enfileiravam para levar o liquido precioso para casa. Era uma espera impaciente pelo carro pipa que demorava a chegar, fazendo com que os pais de família ficassem preocupados. Mulheres casadas que estavam querendo água até para cozinhar e fazer a comida para seus maridos, ou então aqueles que ainda precisavam cozinhar para deixar comida pronta para o da seguinte, antes que fossem trabalhar. Motivos não faltam para isso. Cada um tinha em média de três a cinco baldes e vasilhas diversas, a fim de pegar água o mais que pudesse. Um serviço que a Compesa deveria proporcionar com toda a competência e qualidade possível.
O povo menos abastardos são quem sofre com isso, pois dificilmente se ouve falar que nos bairros mais abastados falte água assim. É raro. Se faltar é no máximo por algumas horas, e depois tudo é regularizado. Sempre é assim. Embora ricos e pobres, classe média ou classe menos favorecida, todos pagam impostos e todos têm direito ao liquido da vida. Segundo foi apurado pelos moradores, o líder comunitário conhecido como “Baixinho” foi quem trouxe o carro pipa citado acima. Nesse domingo dia 19 haverá eleição para que o novo líder comunitário tome posse, mostrando um trabalho inovador. Seja lá quem for que ganhe, que faça um bom trabalho. Não é a primeira vez que isso acontece, mais várias.

A PRAGA


os moradores da Rua Fagundes, na Avenida Josélia, Córrego da Areia, passam por um problema inusitado, que já deveria ter sido resolvido de uma vez por toda pela Saúde Pública, tanto da Prefeitura quanto do Estado.
O que tem perturbado os moradores é a proliferação do molusco gastrópode terrestre da família dos helicídeos, de concha orbicular torcida, o famoso gigante africano, também conhecido como falso scargot. Por onde eles andam, sejam nos quintais moradores, seja no caminho próximo às suas casas, eles sempre tropeçam nesses bichos, pois eles estão proliferando bastante. O que é mais interessante é que os moradores estão usando neles algo que deveria ser usando somente para temperar a comida deles: o sal de cozinha. Segundo aconselhou certa bióloga de uma prefeitura próxima a Recife, isso anula totalmente o bicho. Com esse propósito os oradores passam boa parte do dia matando esses animais, que pode causar doença grave, pois ainda não se conhece totalmente todos os tipos de doença. O outro problema que intriga os moradores é que não há um predador para eles, o que faz com que proliferem bastante.
Há uma residência em frente da casa de duas moradoras desse lugar que tem um numero grande dessa praga africana, que são hermafroditas, procriando-se, portanto, sozinhos. Se não houver um programa serio de extinção desses animais africanos, a coisa pode ficar pior. Se os médicos e profissionais de saúde aconselham a não se pisar no liquido deixado por esses caracóis, é pelo fato de ser esse liquido bastante perigoso; esses profissionais não diriam isso se não fosse. Essa citada casa é dividida em dois cômodos, ficando somente o detrás alugado, e o da frente vazio, permitindo que o falso scargot use esse lugar para “morarem” também nele. Segundo as duas senhoras disseram, “já não sabem o numero desses caracóis que elas mataram, e continuam vindo mais”, disse a senhora Marilda - nome fictício–, moradora do lugar. Elas pedem que o prefeito João da Costa tome providencias através da Secretaria de Saúde, acabando com essa proliferação.
O caso desses caracóis é semelhante ao pardal, que também não faz parte da fauna brasileira, é uma anomalia por aqui. Essa praga desse gigante africano começou quando alguém, um empresário muito “bem” intencionado, os trouxe para cá para vender como se fosse o scargot francês, vindo depois a descobrir que não se pode comê-los, como fazem com o parente desse bicho na França, onde é vendido nos melhores restaurantes por lá.
Os moradores da Rua Fagundes estão pedindo ao prefeito João Paulo e ao Distrito Sanitário III, que coordena essa área, uma providência rápida para acabar com essa praga de vez, através de uma política preventiva, pois só assim ela, prefeitura, poderá colocar em prática o slogan que diz que “a preocupação da prefeitura é cuidar das pessoas.”.

terça-feira, 21 de abril de 2009

EU TOMO POSSE DA VITORIA


Por esses dias irá acontecer uma disputa que será de suma importância para as famílias recifenses, quiçá de Casa Amarela, Nova Descoberta e adjacências: o recifense irá eleger o novo Conselheiro Tutelar de cada bairro, alguém que hoje é essencial para o bem de todas as crianças e adolescentes. Esse trabalho tem mostrado que esse tipo de acompanhamento tem sido essencial para a sociedade.
O Conselheiro Tutelar é aquele que ajuda os meninos e adolescentes em caso de perseguição por um pai violento, por exemplo, ou aquela família que não está podendo cuidar de seus parentes, ou mesmo de uma criança que está sofrendo maus tratos por parte da família.
Para que o bairro seja mais bem representado, é preciso alguém que esteja a par dessas situações, que esteja atento a tudo isso. Tem-se visto por aí quantas crianças e adolescentes têm sofrido ultimamente. Os noticiários não deixam de anunciar a macabra notícia de que um pai, irmão tio, fez algum tipo de mal a alguma criança de sua convivência. A sociedade precisa lutar contra isso, não baixar a cabeça, nem ter receio que isso não acabe. Acaba sim, se a sociedade lutar sem cansar.
Uma maneira de fazer isso é apoiar um representante que tenha coragem e demonstre estar por dentro e tenha vontade de realizar algum trabalho contra essas maldades. O irmão Junior demonstra ter essas características acima citadas. Já mantém um trabalho nas rádios comunitárias próximas ao Córrego da Areia, uma pessoa conhecida e querida por todos, alguém que pode representar a comunidade e lutar para o bem dela nessa área citada. Nessa eleição vote no irmão Junior para que esse trabalho tome forma, para que haja moralização, que a displicência dê lugar ao zelo, e que o cuidado tome o lugar da incompetência. O irmão Junior precisa de uma oportunidade para que mostre seu trabalho à frente do Conselho Tutelar; um voto seu e muda tudo, um voto e tudo terá uma melhor forma de trabalhar. Decida-se por alguém que conhece as verdades do Evangelho, alguém que quer demonstrar que pode fazer um bom trabalho junto ao prefeito João da Costa. Tome posse, junto com ele, da vitória do amor sobre a violência, pois é isso que ele fará à frente desse Conselho; basta você, amigo, morador dessa localidade, acreditar nele. Claro que ele não fará o impossível, mas dentro da medida de suas forças fará um trabalho sério e competente junto a toda comunidade por onde for sua jurisdição. Veja bem, o irmão Junior precisa de seu voto, atente bem para isso; um voto, uma vitória, pois toda comunidade se beneficiará do trabalho que ele irá desenvolver que pode afetar para bem famílias inteiras, pois quando alguém deixa de fazer o que é sua obrigação fazer, todo mundo é prejudicado; e quando alguém se propõe a fazer o que é sua obrigação, vidas são mudadas para melhor. Pense em quantas crianças e adolescentes se beneficiarão do trabalho de alguém que faz um serviço certo. Se uma criança ou adolescente vai bem, toda a família vai bem, mas se ele vai mal, a família ficará mal. Tenha certeza que é esse o desejo de nosso irmão Junior, beneficiar as famílias; esse candidato ao Conselho Tutelar deste bairro. Vote nele. Dê uma força a ele. Acredite no seu trabalho, pois todos ganharão.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

QUANDO CHOVE NO CÓRREGO DA AREIA

Toda vez que chove o Corrego da Areia morre de medo de alguma tragédia acontecer.Essa localidade, na zona norte de Recife, fica logo alagada, uma coisa séria. Tanto os comerciantes quanto os mortadores têm muito medo das chuvas torrenciais que logo inunda tudo e pode até matar, como matou algumas pessoas numa localidade próxima a ela. Alguns comerciantes tem tido prejuízo, como o comerciante Lucas, dono de uma loja de móveis. Os estudantes ficam sem ir à escola por causa da água que inundam os canais e impedem que se trafegue com facilidade pelas vias princinpais. Em parte o povo é culpado por jogar lixo nos canais, mas por outro lado a prefeitura também é omissa nisso quando deixa de fazer sua parte. A população sofre bastante com tudo isso. é muito desgastante lidar com um problema tão comum como esse. Não acontece uma vez só, mas sempre, todas as vezes que chove.
Imagine o medo de cair em um bueiro e desaparecer de vez? Uma criança andando inocentemente e acontecer isso com ela? É triste isso. O poder público com certeza faz pouco caso de tudo isso. Eles sabem que isso é comum nessa localidade, basta apenas uma olhada mais responsável.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

LUTANDO POR UMA CONSULTA


É uma tristeza depender da saúde oferecida pelo Governo.Um caos permeia todo o serviço oferecido ao povo, que tem que fazer quase o impossível apenas para ter 10 minutos ou menos de consulta em um médico que na maioria das vezes nem olha para o paciente, mas faz um diagnóstico superficial e mecânico.Eu experimentei uma agonia dessas quando fui ao Osvaldo Cruz marcar uma ficha para o meu pai, que sofre de coração.Porém eu fui marcar para Urologista, que é um dos profissionais mais difíceis de encontrar nos serviços de saúde pública.Marquei com meu irmão às 11h 00 da noite; ele ficou de me pegar no centro da cidade, próximo ao 13 de Maio.Fiquei mais de meia hora esperando ele chegar.Causa até medo ficar ali tão tarde da noite.Pouquíssimas pessoas na parada; os comerciantes já tinham fechado as portas de seus estabelecimentos, pelo menos a maioria.Do outro lado da avenida, atrás de mim, havia ainda uma pequena lanchonete aberta.Acredito que todo dia ela fique assim até tarde da noite, pois a hora em que saí de lá não havia fechado ainda.Chegou meu irmão e nós fomos para o hospital.Chegamos lá e já havia um monte de gente esperando marcar consulta no outro dia, vejam só.A maioria é formada de idosos, que em vez de ficarem em casa descansando, vão passar a noite em um hospital para pegar uma ficha que nem sabem que vão conseguir.Que lástima. Depois de encostarmos o carro, peguei um colchonete fui para a fila, deitar um pouco, pois estava com muito sono; coloquei o colchão no chão e comecei a tirar um cochilo.Perto de mim havia um senhor de uns cinqüenta anos contando a vida dele; contou uma série de mazelas, entre elas o fato de ter sofrido muito tempo com os testículos inchados, enormes, por conta da hidrocele. E continuou falando das cachaças que tomava, das quedas que levava e outras “aventuras” mais das quais se lembrava.Eu já estava ficando com pena do homem. Ficava na perspectiva infeliz de passar toda a noite dormindo numa fila, num tédio medonho.O que me salvava era um romance que eu havia levado para ler; para onde eu vou tenho que levar um livro comigo (até quando vou ao banheiro), já é um costume meu.Enquanto eu dormia do lado de cá, meu irmão dormia em cima do carro, na parte traseira, pois ela é um pouco larga. Não estava nem aí para quem achasse estranho, dormiu mesmo, até de manhã.Achei muito engraçado isso; parecia que ele estava na casa dele, tamanha era a tranqüilidade do seu sono.Durante toda a noite não parava de sair e entrar carros de todos os tipos, até ambulância– mas é claro! É um hospital. Médicos, enfermeiros, doentes terminais, cardíacos, de tudo chegava lá. Havia alguns irmãos na fila, também sofrendo, pedindo a Deus que tivesse misericórdia da gente. Perto da mim uma serva de Deus começou a cantar hinos da Harpa Cristã, parecendo que estava numa clínica, e não sendo humilhada, escrachada, para conseguir uma esmola do governo.Até quando o povo vai sofrer por causa de um sistema corrompido? É essa miséria que alimenta o orgulho dos ricos e sustenta as indústrias farmacêuticas e os planos de saúde e os hospitais particulares. Os ricos só vão a esses hospitais gratuitos quando o gasto será muito grande para eles; mas quando melhoram, eles vão para o particular. “Esse Sistema é um vampiro”, como diz certo poeta.O dia foi amanhecendo aos poucos, e eu cada vez mais ansioso para marca a consulta e ir embora para casa.Quatro da manhã e já havia quase duas centenas de pessoas na fila; eu estava com uma baita fome, nem estava mais agüentando ler o livro que eu estava lendo.Meu irmão me deu uns trocados e eu fui comer uma coxinha e um copo de café, desse de 50 ml.Comi com um certo nojo, pois não tinha certeza se era “limpa” ou não.Comi.Fiquei com pirangajem de comer outra, pelo fato de ser um real, uma simples coxinha, que é mais massa que qualquer coisa; e ruim que era, além de ser requentada.O Osvaldo Cruz foi acordado aos poucos, com o sol beliscando seu telhado e gritando o seu grito silencioso. Os funcionários e os estudantes de medicina começaram a chegar para o batente também. Observei que a maiorias são burgueses, como sempre, infelizmente.Dificilmente há um pobre entre eles, é um verdadeiro circulo, bem fechado.Quem estava na fila começou a se organizar para que ninguém tomasse o lugar que toda a noite foi guardado; de vez em quando aparecia um esperto para fazer isso.É dose!! Nem sequer respeitam aos mais velhos que passaram a noite toda nesse suplício.Achei estranho e ao mesmo tempo engraçado um senhor que não parava de olhar as pernas de uma moça perto dele.Ela estava em pé, e ele sentado, só deslumbrado com tudo aquilo, pois era uma loira bonita.Tinha umas pernas bem feitas, grossas, parecendo uma modelo. Ele chega estava tranqüilo, curtindo tudo aquilo; já pensou que coisa?saí de lá e ele ficou ainda fazendo a mesma coisa.A ficha foi marcada para quase 15 dias depois; meu pai sofrendo com o seu problema, teve que esperar todo esse tempo, e ainda está esperando, pois colocou uma sonda, após a consulta com o Urologista; pelo menos conseguiu alguma coisa.Espero que tudo dê certo para ele, se o Senhor Deus quiser.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

A DIETA DA MELANCIA



Tenho observado como as mulheres se preocupam com as aparências. Elas sofrem quando aumentam um grama de peso, quaisquer coisas dessas elas ficam logo atarantadas, com medo de serem ridicularizadas pelos outros, principalmente as outras mulheres. Tudo que fazem gira em torno do que os homens vão achar delas, principalmente as casadas. Aliás, as opiniões dos homens sãos as mais importantes da pra elas.Quando vão às festas, ficam uma observando o corpo da outra, o vestido, as saliências, se é grande ou pequena, caídas ou firmes, essas coisas. Queiram admitir ou não, a forma é importantíssima para as mulheres. Estar em forma, pra elas, é fundamental.Inconscientemente aquela frase de Vinícius é tudo pra elas: “As feias que me desculpem, mas beleza é fundamental.” Nada mais verdadeiro.
Foi pensando nelas que desenvolvi uma dieta que apelidei de Dieta da Melancia. Creio que será de grande ajuda. Funciona da seguinte forma. Ela começa comendo uma melancia, fatiada, no café, almoço, lanche e jantar. Isso durante uma semana, alternada com uma semana comendo normal. Na segunda semana come-se duas fatias por refeição. Não esquecendo que antes de dormir, tem que comer mais duas. Ao longo que vai passando os dias, vai aumentando a quantidade de fatias. Ao longo de cinco semanas, que é quando termina o prazo, começa-se do princípio, comendo uma fatia por refeição. A estimativa é que em três meses perde-se de 20 a 40 quilos sem prejuízo da saúde. É bom também fazer um exercício, pelo menos uma caminhada.Essa dieta ainda está em fase de teste, mas se mostra muito eficaz a quem segue á risca. Fica-se saudável e come-se muito bem.
É notório a todo mundo que a melancia é muito eficaz, quando se trata de saúde. Essa dieta é muito promissora, creio que fará muito sucesso quando for divulgada. As mulheres, principalmente as mais “fofinhas” vão poder usar aquele vestido de forma pequena ou aquela blusa que nunca mais foi usado. Será um estopim. Em pouco tempo teremos um número de casamento assustador. As que agora estão solteiras por causa da gordura, vão casar em pouco tempo. As lojas vão contratar mais gente para trabalhar. As vendas de cosméticos vão ter um aumento jamais visto. Nas festas será um fusuê de tantas mulheres bonitas. O comercio na cidade vai ter um crescimento fenomenal, e os shoppings, ah!, esses vão ser um dos que mais vão curtir os benefícios dessa dieta. Vejam só. Tudo isso por causa de uma dieta. Quem diria que isso poderia desencadear tamanho crescimento econômico? Pois é. Se tiver sucesso-claro que terá - essa dieta vai causar um reboliço. Provavelmente vão me chamar pra dar entrevista nos meios de comunicação. A Veja terá minha foto de capa. A Isto É e todas as revistas. A televisão nem se fala. Vão ser as que mais vão me chamar. Rádios, Internet, tudo. Os doutores e profissionais da área vão morrer de inveja de mim, por que nenhum deles pensou nisso antes. Vai aparecer gente me chamando de enganador, especialistas me criticando, dizendo que alguém sem curso universitário não pode dar opinião sobre essas coisas. Aí vão entrar com um processo contra mim no Ministério Público. As minhas fotos estamparão os jornais da imprensa internacional, principalmente as científicas. “DIETA DA MELANCIA É UMA DAS GRANDES DESCOBERTAS DAS ÚLTIMAS DÉCADAS. Parece que já estou vendo. É a glória. Me aguardem, todos vocês. A época do império das modelos acabou-se. Todas que quiserem ter um corpo bonito, vão consegui através da Dieta da Melancia. O número de modelos aumentará como nunca. A oferta será muito grande, por isso o salário vai ficar menor. Fazer o quê? E a conseqüência, efeito colateral. O que importa é que irei fazer um grande benefício às mulheres. Elas vão me agradecer muito por isso. Serei idolatrado por elas. Meu nome ficará para sempre gravado nos anais da medicina como o leigo que superou os doutores, todos os profissionais dessa área. Terei um busto numa dessas ruas da cidade, depois de um ou dois anos. Acho que irei merecer. Será minha grande contribuição para a história de Pernambuco,e quem sabe, do mundo. Sem falar que irei ganhar muito dinheiro com isso. Ficarei rico, disso não tenho dúvida alguma.
Muita gente irar me imitar, querendo descobrir dietas em outras frutas e verduras, mas eu serei insuperável. Minha dieta será infalível e insuperável, podem aguardar.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

GUARDEMOS NOSSAS CRIANÇAS



Temos visto algo muito terrível acontecendo nesses dias. Uma coisa absurda mesmo: a violência cometida contras crianças em todo o Brasil, uma violência como que diabólica, causando muitos prejuízos, desestabilizando as famílias brasileiras. Quantos pais e mães não têm ficado com grande tristeza por causa disso? Quantas coisas não tem acontecido por causa dessas desgraças? Mesmo pais de famílias têm cometido grandes males contra seus proprios filhos, fazendo com que eles fiquem traumatizados, prejudicando-os em tudo.


algumas vezes são as mães que fazem maldades, outras vezes os tios, cunhados, padrastos e madrastas. "Os piores inimigos do homem estão na família dele." Aqui em Pernambuco vimos o caso do garoto que caiu do apartamento e não morreu, depois teve o caso daquela garota do interior, assassinada por um vizinho...Muitos casos tem sido mostrados na tv, como os dos Mardonis, que assassinaram uma linda gorotinha, filha deles. A maldade foi impressionante. Mas o que mais tem acontecido é a violência sexual, muito comum hoje em dia. Nos noticiários é o que mais aparece . Fico pensando até onde isso vai, e por que essas coisas estão tão comuns; nem por isso temos que aceitar, fazer de conta que nada está acontecendo. Temos de combater isso, lutar contra isso, pedir a Deus que olhe pelas nossas crianças. Esses abusos também acontecem na alta roda, como temos visto ultimamente; não parece muito dessa nossa parcela da população,pelo fato de serem mais discretos que os pobres.Mas esseccaso falado acima foi noticiado no mundo inteiro.


Esses inocentes seres, às vezes de 2, 3 anos de idade ou mais,ou mesmo com menos tempo ficam à mercê dessas pessoas más, sem Deus no coração, sem nenhum respeito a ele e à sua Palavra, sem afeto natural, como disse Paulo em uma das suas cartas. Falou que haveria tempos assim; estamos vendo isso acontecendo debaixo de nossos olhos. Infelizmente é isso que está ocorrendo. Imagine como fica a cabecinha de uma criança abusada sexualmente. Fica sem entender nada, isso prejudica toda a sua vida. Se não tiver a ajuda de Deus, de um profissional na área de psicologia para acompanhá-la, ela ficará com traumas para toda vida e isso irá lhe causar muitos prejuízos emocionais e psicológicos. Não é fácil para elas. Tem que haver muito carinho , muita compreensão por parte dos parentes, dos pais- quando não forem eles os culpados--.


Essas coisas estão acontecendo por causa da decadênciua moral dessa sociedade, onde crianças em tenra idade são expostas a novelas quase que eróticas, ficando muitas vezes longe da família, sem alguém para tomar conta delas, por causa da responsabililidade ou mesmo por causa da falta dela, de uns pais desnaturados que perderam o amor a eles mesmos e também dos seus semelhantes. Essa é a razão. Cabe a nós ficarmos atentos, ensinando o que é certo e o que é direito. Lutemos pela saúde de nossas crianças.